sexta-feira, 8 de maio de 2009

A religião e seus males

Quando se analisa a Historia do mundo, podem se observar grandes guerras, muitas injustiças, roubos, assassinatos, enfim muita coisa ruim, e o que se observa é que a maioria tem um tema “Deus”. E quando examinamos as escrituras sem nenhum medo e com liberdade de pensar, vamos observar que Deus é bem diferente do deus imposto pela religião, qualquer delas, isso mesmo ate a protestante. O que se pode observar é que o Deus da bíblia e o “Deus” da história entram em contradição, isso mesmo um vai contra o outro apesar dos dois levarem a bíblia como palavra. Mas o que será que muda? Oras o “Deus” da história matou, roubou e destruiu, o Deus da bíblia veio salvar e reconciliar o mundo com ele. E outra coisa quem veio matar, roubar e destruir foi o diabo, parece ate engraçado falar más, o “Deus” da historia faz o diabo ficar bonzinho, da para entender por que muitos até querem ser amigos dele. Você pensa diferente? Então analise e pensem, quantas guerras foram feitas em nome do diabo, quantos povos foram dizimados em nome do diabo? Nada disso foi feito em nome do diabo, e sim em nome de Deus. Mas que deus é esse? Esse deus é o anti-Deus. Esse deus é composto por mentiras maquiadas de verdades, e que mostra uma vida cheia de morte.

Muitos vão questionar, mas teve a reforma protestante, sim isso é fato, mas o que a reforma fez foi colocar remendo novo em pano velho. Com o tempo rasgou foi mais, é só assistir os jornais, se não quiser basta fazer o comparativo de Cristo com o cristo pregado na maioria das “igrejas”, o que vai ver são vários cristos e nada de Cristo. Vamos ver uma graça, e não a Graça. O que se vê são pessoas no poder como se o Reino fosse deles, que falam a casa é de Deus, mas para ser aceito tem que decorar regras e leis e costumes que de nada servem, servem para encobrir a Graça. Vamos ver as pessoas falando de Cristo, mas a Jesus Cristo nada conhecem, pois não tem fé nas suas palavras e sim em pessoas que falam por si próprias. O que se vê são pessoas alienadas, que não procuram ter entendimento, nem procuram viver o evangelho genuíno, e sim serem parte de denominações, e pertencerem a um pastor e nunca ao Bom Pastor. Não fumam, não bebem, mas são viciados em dogmas religiosos. O que se observa no geral é que na maioria das vezes é que a religião mostra um cristo que é anti-Cristo, um deus que não é pai, na verdade ele parece mais um “cambista” do estilo quem dá mais, prega uma liberdade é prisão. Infelizmente é um criadouro de hipócritas, são bonitos por fora, mas por dentro é podre.

Se a verdade fosse pregada como realmente é, a salvação entraria em muitos corações, mas a alienação faz o povo perecer e continuar preso. “Pois Jesus disse e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. O que pode ser feito é simples, é amar ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças, é só cumprir o primeiro mandamento e não perecer.

Pense Nisso...