quarta-feira, 16 de março de 2011

Japão, terremoto, tsunami e pregadores

Dia 11 de março de 2011 ocorreu um terremoto no Japão de 8,9 pontos na escala Richter, por causa desse tremor houve um tsunami, quem causaram milhares de mortes. Como se não bastasse o tremor danificou a usina nuclear Fukushima Daiichi, e agora há um vazamento radioativo, a situação vai de mal a pior. Infelizmente isso é só um resumo da situação.
Muitas pessoas estão torcendo por uma melhora, outras estão se mobilizando para ajudar, porém há um grupo que se aproveita desse momento infeliz para pregar o terror através da religião. Leio notícias em vários sites e é só acompanhar os comentários para ver um bando de cristãos trazendo mensagens idiotas e sem nexo.
Esse tipo de gente não entende que só acredita nesse deus (muitos não sabem nem o nome dele), porque essa dinvidade foi empurrada em agoelha abaixo, certamente se você estivesse na Grécia antiga você acreditaria em Zeus e em todos serem mitologicos, se você estivesse no Japão acreditaria em Buda. Não entende que se realmente existisse um deus cheio de amor como eles mesmos dizem, não iria matar milhares de pessoas só por acreditar em outro deus.
Se esses cristãos tirassem a venda dos olhos entenderiam que o Japão, é um dos países mais afetados pelo Círculo de Fogo, uma área situada no Oceano Pacífico onde ocorre a grande maioria dos tremores de terra e das erupções vulcânicas do mundo, não é porque acreditam em Buda que acontecem essas catástrofes.
Tomara que o Japão possa se reerguer!

Vou colocar abaixo alguns comentários que achei na internet sobre o que acontece no Japão.









Sinceramente se você age dessa forma, você é um imbecil. Sem mais no momento.

15 comentários:

  1. Oo
    lol
    q pessoal alienado!
    como pode uma coisa dssas?
    otimo texto como sempre kleber...

    ResponderExcluir
  2. Como Cristão Evangelico fico Chateado com alguns comentarios postados Sobre o Assunto referente ao acontecido no Japão, Por “Irmãos ou não”.
    infelismente tem muita gente com mente pequena que nao entendeu até hoje a verdadeira mensagem dos evangelhos ou do que seria Seguir um ser superior mas enfim.
    Quem nos Lê, perdoe tanta Ignorancia de Muitos o verdadeiro Evangelho não é isso.
    Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. Tiago 2:17
    (POR QUE TANTAS CRITICAS? E TÂO POUCAS OBRAS?)
    Respondeu-lhes Jesus: Tenho-vos mostrado muitas obras boas procedentes de meu Pai; por qual destas obras me apedrejais? João 10:32
    (JESUS ERA O PRIMEIRO A AJUDAR OS QUE PRECISAVAM)
    A Cruz Vermelha Brasil ja está Coletando Donativos, Procurem e Ajudem.
    A Nação Japonesa Precisa de todos Agora! Seja qual credo For.
    Vamor Agir Brasil, Lagoa Santa – MG vamos a Luta. Quem for desta regiao poste comentarios a mim que vou passar as coordenadas para as entregas de Donativos.

    ResponderExcluir
  3. Tomar no cú dessa cambada de religiosos hipócritas!!!! A gente precisa de mais gentileza e solidariedade na vida e não essa ideologia idiota que empurram goela abaixo do povo!! To cansado disso!!! Assino com você esse texto meu caro amigo!!!!!!

    Pedro Ivo Rodrigues

    ResponderExcluir
  4. Esses fanaticos nem sabem que o buda nao é um deus. Bando de cristao idiota.

    ResponderExcluir
  5. Bom, pelo menos essa galera "imbecil" ta fazendo algo pra ajudar o próximo, através da fé que elas tem e exercem. Se você (um ateu)critica tanto cristãos e teístas, deveria fazer algo a mais do que apenas usar palavras vãs para atacar a fé de pessoas que muitas vezes fazem coisas mais significantes do que um simples blog falando besteiras e coisas muitas vezes irrelevantes e sem base. Tem muito cristão cego por ai, que acha que só oração e aceitação de Jesus resolve tudo, mas tem gente que se dispõe a ajudar essa gente e fazer a diferença, portanto não generalize alguns como um todo e muito mesnos desrespeite ou desvalorize a fé de alguém, você como um cara intelectual sabe bem disso, não blefe nem se equivoque. Se você se julga melhor do que estas pessoas, prove que você é melhor e ajude o Japão nesse momento de dor ao invés de criticar um religião da qual você já fez parte e teve experiências ruins com certas pessoas... Faça algo melhor do que esses "crentes", cristãos. Você não pode provar que sua crença "de não ter uma crença" (que paradoxo isso! rsrsrs) é superior ou absoluta, sendo que sua vida não demonstra isso, e digo isso por que eu te conheço, Kleber. Amor e Felicidades pra você, cara! (:

    ResponderExcluir
  6. ... e desculpe-me pelo: "mesnos".

    "Anônimo". (:

    ResponderExcluir
  7. Sr. Anonimo,
    pelo jeito você não sabe ler, não generalizei falei das pessoas que agem dessa forma, desta forma a fé delas não ajuda só serve para atacar como a maioria faz. Se vossa senhoria age dessa forma é um completo imbecil Sr. anônimo. Realmente já fiz parte desse movimento, sempre achei imbecil algumas atitudes, como o sr. falou que me conhece deve saber. Não desvalorizei a fé de ninguém, desvalorizei certas atitudes, o ser humano é livre para acreditar em tudo, mas não pense que você é melhor que alguém por acreditar em Jesus, você não é melhor do que alguém que acredita no Papai Noel por exemplo. Antes de falar que eu não tenho base em alguma coisa, procure as bases de vossa religião. Não me acho melhor que ninguém, tampouco não posso fazer nada a respeito do Japão, mas posso expressar minha opnião em meu espaço, se te incomodei fazer o que né.
    Desculpe mas você não conhece minha vida, as pessoas à minha volta tem nome, e a maioria delas não conhece a fundo minha vida!
    Outro equivoco vindo de você é que não tenho crença, claro que tenho, acredito que um mundo sem religiões é um mundo melhor, se não houvessem religiões muitas mortes teriam sido evitadas, e não teria atitudes imbecis como essas que coloquei no texto.
    Claro que te desculpo pelo "mesnos"!

    Abraço e felicidade Sr. Anônimo!

    ResponderExcluir
  8. Antes de tudo, vale ressaltar que não sou o mesmo "anônimo" que disse: "Como Cristão Evangélico fico Chateado.." (:


    Redigi um texto que acabou excedendo muito a minha opinião pelo meu lado cristão e minha idéia em oposição ao que você pensa. Muita coisa que eu disser não mudará o seu ponto de vista, e vice-versa. Concordo com o que você disse em relação as mortes que seriam evitadas, as atitudes imbecis, realmente concordo, mas me asseguro de que idéias expostas de maneira "arrogante" abalam a fé de muita gente, não a minha, mas de muita gente que continua uma caminhada na estrada da sua convicção. Muitas vezes você critica o cristianismo, a religião etc, de forma desrespeitosa, não de forma culta. Não estou pondo em dúvida ou desmerecendo sua opinião, tem todo o direito de pensar assim, como eu tenho o meu direito. Mas o fato de que várias pessoas são salvas (digo isso no sentido cético) e mudam de vida por causa de algo que eles acreditam que muitas vezes, como você presume, possa ser uma farsa ou ilusão, não pode ser descartado. Acredito também em um mundo melhor, mas creio que o caminho para isso é Jesus (o que não me faz melhor do que ninguém que acredita em Papai Noel). Tem muito crente por aí que realmente fazem coisas que não condizem com o que a bíblia (que deveria ser o manual deles) diz, mas não é por isso que se deve criticar os cristão e o cristianismo em si (era isso que eu quis dizer sobre você ter "generalizado"), pois eu "anônimo" (rsrrss) mesmo não fazendo parte de nenhuma igreja ou denominação cristã, me sinto atacado e com forte desejo de defender o que eu acredito.

    ResponderExcluir
  9. Respeito sua opinião, não desrespeito religião nenhuma, posso ser irônico as vezes, devo criticar o cristianismo sim, pois e dele que se origina o cristão, e todos os preconceitos que "rolam" no meio. Agora queria ver se fosse na idade média se você ia amar o cristianismo. Agora a biblia como manual, é tenso camarada primeiro porque ninguém leva ela como manual, graças ao mínimo de bom senso que ainda existe, se for observar é um livro que tem muitas histórias bonitas (como todos livros mitólogicos), porém há muita coisa imoral nele, o cidadão que leva a biblia como manual certamente vai ser preso!

    Se por acaso você tivesse nascido no Japão em que você acreditaria?

    ResponderExcluir
  10. Eu, particularmente vivi o cristianismo fora de igreja, através de bandas e da biblia em si. Conheço as histórias "imorais", nas quais tenho plena concepção sobre o que Deus quis dizer através disso (não vamos nos estender a isso). Se eu nascesse no Japão, cara, nem posso imaginar de longe em que acreditaria, e faço essa mesma pergunta pra você, porém de uma maneira diferente: Se você nascesse no oriente médio, acreditaria em que?
    É algo que não devemos pensar, talvez se eu nasceria até mulher! HUAHAUHAUHAUUHAHUA! Brincadeira...

    Mas tudo tem que ter discernimento, inclusive numa vida cristã. Da mesma forma que você critica religião e cristianismo, vai ter sempre alguém pra criticar o que você diz, tanto como répilica quanto por vontade própria.

    Pra ser sincero não curto, entre aspas "religião", mesmo que o cristianismo seja uma religião, me refiro a religão como igrejas evangélicas, católicas...
    Creio na bíblia e em Deus, pois sinto, e presenciei Deus agindo na minha vida, velho. Pra você não pode fazer sentido, mas como eu já conheci milhares de pessoas que eram céticas, ateístas e agnósticas que se converteram ao cristianismo, pra mim tudo é algo que se sente, estudo bastante, leio bastante, busco compreensão e tenho absoluta certeza de que é real o que eu vivo, portanto tenho o pleno direito de defender isso. Se for algo surreal, farsa, imaginação, por um lado é bom: Me sinto extremamente feliz por viver assim!

    Obrigado pela compreensão, e me desculpe se falei algo que te prejudique, apesar de tudo temos algumas idéias semelhantes, abração cara!!

    ResponderExcluir
  11. Tenho acompanhado a noticiários e documentários falando sobre terremotos e tsunamis na história de nosso planeta, e entendi que são fenômenos que ocorrem com freqüência, portanto, naturais e hoje os vemos mais vezes por causa de nossa tecnologia avançada.
    Falando do Japão, nós sabemos, e eles também!, que o local onde residem está situado em uma área que sofre grandes transformações. E por isto estão preparados para qualquer emergência!
    Vi nos noticiários que não há saques, roubos, tumultos, nem mesmo LIXO NAS RUAS! Que organização! Mesmo em tempos ruis, eles mantém um equilíbrio fenomenal.
    Agora pergunto aos IRMÃOS DE PLANTÃO! O que seria se o que aconteceu lá, fosse destinado a nós? Será que teríamos tantas blasfêmias soltas na internet? Será que estaríamos perguntando se fomos tão ruins para merecer isto???
    Não se espantem, sou Cristão; creio em Deus e sei que nós temos um potencial ainda a ser explorado...
    Antes de atacar a crença dos outros, que não são cristãos, verifique seus atos.
    Saúde e Paz a todos.

    Ps: Klebão, vc tá de parabéns! Sempre com idéias fenomenais... abraço!

    ResponderExcluir
  12. Sr. Anônimo,

    Nada do que você falou me prejudicou, não tenho nada o que desculpar. Agradeço por ter comentado os textos, gostaria que você comentasse os outros textos também. Coloquei também no blog uma caixinha para os leitores sugerirem um tema, se quiser sugerir um tema fique a vontade!!

    Grande abraço Sr. Anônimo!!!

    ResponderExcluir
  13. Ok! Kleber!

    Gostei dos "debates" sadios! Futuramente me revelo! rsrsrs!
    Curti os outros textos, tá de parabéns! Só respeite mais as crenças dos outros, mesmo que você tenha idéias "contrárias" à elas, e o direito de expressá-las. O mundo não tem só evangélicos, fundamentalistas, pastores de terninho e fanáticos cegos/religiosos. Há sempre pessoas que vivem o cristianismo de maneira diversificada e mente aberta, que sempre querem adiquirir mais conhecimento. Muitas vezes alguns dos seus textos "atacam" de forma indireta a fé de certas pessoas assim, que ser armam de conhecimento para defender a vida baseada na ideologia que tanto acreditam. Conhece movimentos punk/metal cristãos aqui no Brasil? Abração!

    ResponderExcluir
  14. O Cristianismo, assim como o Xintoísmo (que é a religião com maiores adeptos no Japão), os deuses do Panteão grego e romano, os deuses escandinavos e tantos outros conhecidos por toda a população mundial, segundo a luz da Filosofia (contendo estudos RACIONAIS desde milhares de anos até hoje) foram criados para explicar o que até então, na época de sua criação, não foi explicado e provado cientificamente. Pra explicar melhor, era o seguinte: não se sabia o motivo da chuva... daí os mais antigos da sociedade criavam estórias que explicava (fajutamente) os motivos, geralmente associados aos deuses que acabavam de criar.
    E assim, criou-se todas as crenças... até que os cientistas começaram a provar os eventos físicos, que até então eram "apadrinhados" por esses deuses.

    Porém, a própria filosofia também acredita que há um ser maior, criador de tudo. Ainda há discursões sobre as intervenções desse ser na vida das pessoas, mas até então, o que é mais aceito é que cada um é diretamente responsável por si e indiretamente responsável pelo meio que vive.

    O que não é contestado por nenhuma ciência é o poder da fé. Ela realmente remove montanhas. Independente se você acredita em Javé, Zeus, Odin, Tupã, Xangô, numa imagem de barro, numa árvore, na sua mãe, no seu marido... se você tem fé, você consegue!

    ResponderExcluir