segunda-feira, 28 de março de 2011

Que tal você cuidar da sua vida

Um dia fui abordado por uma pessoa, após descobrir sobre minhas crenças (ou falta delas) me fez a seguinte pergunta:
Como você imagina que vai ser após a sua morte?


Respondi que não sei sobre o que acontece depois da morte, porém essa pessoa afirmou que sabia que a “alma iria para o céu ou para o inferno” e isso dependeria de nossas atitudes, e que teria que aceitar .... ( o mesmo discurso decorado)

Claro que fiz outra pergunta ao cidadão:

O que você planeja em sua vida?

A resposta foi um simples não podemos prever o amanhã, pois ele pertence a deus (a maioria das respostas é assim). O estranho é que o camarada sabe o que vai acontecer depois de sua morte, e não sabe o que irá fazer da própria vida.

Quantas pessoas agora estão perdendo a vida, que é a única coisa que se tem certeza, em troca de simples promessas. Será que você não pensa que este sentimento de ser recompensado depois da morte, está fazendo você perder a vida? Então fica minha sugestão:

Que tal você cuidar da sua vida, ao invés de cuidar da sua morte?

Ou de mortes alheias.....

Falando de respeito

É estranho ver pessoas religiosas exigindo respeito por causa de suas crenças, já que a maioria das religiões não respeita nada que está fora dos seus dogmas. Em uma conversa que tive por esses dias, alguém afirmou que a religião é importante, pois ela ensina algúns valores, como respeitar os pais. Será que isso realmente procede?

Em minha opinião eu não “tenho” que respeitar nada nem ninguém, ao menos que alguém conquiste meu respeito, pois o respeito e obtido através de conquista e não de imposição. A maioria das pessoas confunde medo com respeito, e todos sabem que esses dois sentimentos são bem diferentes. Por outro lado, eu acredito que temos que procurar ser gentis e bem-educados com as pessoas, e ser gentil e educado não tem nada a ver com respeito, e sim com a procura de ter boa convivência.

Vamos analisar o trecho da bíblia que fala de respeitar o pai e mãe:

“Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo.

Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa;

Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra.

E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.”

Este texto fica em Efésios, na verdade não ensina nada de respeito, ele faz uma pequena chantagem  promessa, isso lembra muito quando você é criança e falam que se você for um menino bom o Papai Noel vai trazer presente, isso não ensina a ninguém ser bom. Eu respeito minha mãe, não por que vai me conservar os dentes na boca prolongar os dias na terra , mas é porque ela nunca fez nada para não merecer o meu respeito, pelo contrário ela conquista meu respeito a cada dia.

E difícil entender porque eles exigem respeito, já que não respeitam nem a inocência de uma criança quando enchem a cabecinha dela com coisas assustadoras como inferno, maldiçoes, entre outros.

E difícil entender porque os mesmos que exigem respeito geralmente não respeitam os decibéis com suas gritarias divinas, sem contar no processo de extorsão em massa que ocorre nos meios, essa indústria da fé que abusa da ignorância da população. Outro fato importante é que a grande maioria é preconceituosa, rotulam de “mundanos” os que não são da mesma fé, além de pré julgarem a sua ida depois da morte para o inferno, mesmo se a pessoa for boa e nunca fez um grande mal a alguém.

Enfim, não sou obrigado a respeitar nenhuma religião a não ser que ela conquiste meu respeito, porém respeito a crença de cada um pois isso é um direito de cada pessoa, você pode acreditar no que quiser é um direito seu, respeito todas as opiniões, pois é um direito seu e eu respeito pessoas que exercem seu direito. 

quinta-feira, 24 de março de 2011

Funk do auge à decadencia

O Funk original surgiu nos meados dos anos 60, a partir de uma mistura de soul music, soul jazz, rock psicodélico, seu maior ícone foi James Brown, pois foi a partir de suas inovações o Funk passou a ser reconhecido como um ritmo.

Você deve estar se perguntando e o que o Funk que se escuta hoje em dia aqui no Brasil tem em comum com o funk original? A resposta e obvia: NADA!!

O Funk carioca é um estilo músical que surgiu no Brasil, mais precisamente do Rio de Janeiro (que lugar abençoado), nos anos 70 eram realizados bailes black, soul, shaft ou funk, porém depois de algum tempo uns imbecis os DJs foram buscando novos ritmos porém o nome original permaneceu, o nome baile funk e para se referir a prostíbulos, bacanais, festas ou discotecas que tocam Funk carioca, que tem sua influência direta do Miami Bass e do Freestyle.

Nos anos 70 e 80 a maioria das músicas do funk carioca os temas abordados eram sobre a violência, a desigualdade, a pobreza, o cotidiano dos freqüentadores dos bailes, a vida das pessoas na favela nas comunidades carentes.

Na década de 90 o funk continua trazendo o cotidiano das favelas das comunidades carentes, e como muita das vezes havia muita violência nos bailes, as músicas pediam a paz tanto nos bailes como nas comunidades. Nos anos 90 surgiu o funk melody, com músicas mais melódicas e com temas românticos.

Nos anos 2000 o funk foi a época que começou o “pancadão” um ritmo envolvente com uma batida repetitiva tipo macumba, e vem com letras recheadas de pornografia, e desvalorização da mulher (vai falar que você gosta de ser chamada de cachorra, ou se orgulha de virar uma “piriguete”) e letras de duplo sentido , ou seja, nada que o axé e o forró já não tinha mostrado, nesta fase foi que o funk carioca teve a sua decadência. Porém como no Brasil tudo que é putaria o que faz sucesso é pornografia e baixaria com o “pancadão” e seus “proibidões” o funk movimentou quantias milionárias, contagiou todas as classes no Brasil e chegou a outros países.

Vou listar abaixo trechos de algumas músicas dessa nova geração do funk carioca:


“Sò me dava porrada!!!


E partia pra farra!!!


Eu ficava sozinha, esperando você


Eu gritava e chorava que nem uma maluca...


Valeu muito obrigado, mas agora virei PUTA!!!”


                                         Gaiola das popozudas





"Sua mina só reclama e tira sua paz,


Ela chata demais..


Procura a profissional


meu mano, que ela sabe o que faz..."


                                                Mr. Catra

         "tu tem direito de sentar,tem o direito de quicar

tem o direito de sentar,de quicar,de rebolar!" 
                                                      Bonde do Tigrão


"Vem Janete! Vem Janete!


Quer Mastigar Chiclete!


Bota a boca no bolete !!!"

                                 Mc Colibri



"Vinho com leite moça é pau na coxa!"

                                              Mc Colibri


Infelizmente com essa depravação o fracasso do funk carioca é certo, outrora esse ritmo tinha tudo para dar certo, ou seja, trazer valores, ajudar na luta pelos preconceitos, tentar conscientizar boa parte do povo. O que acontece agora é justamente o contrario, o funk carioca é uma musica sem criatividade, as mensagens são repletas de putaria valores distorcidos, há uma desvalorização da mulher, ou seja, virou a “anti-música”.

É triste ver no Brasil a boa música ser calada!

quarta-feira, 16 de março de 2011

Japão, terremoto, tsunami e pregadores

Dia 11 de março de 2011 ocorreu um terremoto no Japão de 8,9 pontos na escala Richter, por causa desse tremor houve um tsunami, quem causaram milhares de mortes. Como se não bastasse o tremor danificou a usina nuclear Fukushima Daiichi, e agora há um vazamento radioativo, a situação vai de mal a pior. Infelizmente isso é só um resumo da situação.
Muitas pessoas estão torcendo por uma melhora, outras estão se mobilizando para ajudar, porém há um grupo que se aproveita desse momento infeliz para pregar o terror através da religião. Leio notícias em vários sites e é só acompanhar os comentários para ver um bando de cristãos trazendo mensagens idiotas e sem nexo.
Esse tipo de gente não entende que só acredita nesse deus (muitos não sabem nem o nome dele), porque essa dinvidade foi empurrada em agoelha abaixo, certamente se você estivesse na Grécia antiga você acreditaria em Zeus e em todos serem mitologicos, se você estivesse no Japão acreditaria em Buda. Não entende que se realmente existisse um deus cheio de amor como eles mesmos dizem, não iria matar milhares de pessoas só por acreditar em outro deus.
Se esses cristãos tirassem a venda dos olhos entenderiam que o Japão, é um dos países mais afetados pelo Círculo de Fogo, uma área situada no Oceano Pacífico onde ocorre a grande maioria dos tremores de terra e das erupções vulcânicas do mundo, não é porque acreditam em Buda que acontecem essas catástrofes.
Tomara que o Japão possa se reerguer!

Vou colocar abaixo alguns comentários que achei na internet sobre o que acontece no Japão.









Sinceramente se você age dessa forma, você é um imbecil. Sem mais no momento.

terça-feira, 15 de março de 2011

Reflexão

Hoje no horário de almoço, as pessoas estavam falando sobre mendigos. Uma pessoa que estava na conversa disse que os mendigos são mendigos porque querem, pois era só querer trabalhar que eles arrumariam trabalho. Pense bem são mais de três milhões de brasileiros desempregados, é só o mendigo ler o jornal que ele usa pra se cobrir, ele vai ver isso.
Será que ele vai ter oportunidades no mercado de trabalho?
Você contrataria um mendigo?
Se for usar a habilidade de ficar pedindo só se virar pastor!!

terça-feira, 8 de março de 2011

Carnaval

Hoje é carnaval, dizem que é uma festa popular, mas não sei se o povão tem dinheiro pra comprar aquelas roupas coloridas que parecem ser feitas com tinta de caneta marca texto, o povo não ta tendo dinheiro nem pra manter coisas básicas.
Dizem que é a festa da alegria, não entendo por que o final dela leva o nome de cinzas, deve ser porque depois de pegar tanto fogo sem consciencia só vai restar cinzas mesmo.
Dizem que é uma festa cultural, só se for cultura de lixo, pois o nível das músicas que são empurradas para o povão é triste, enfim é a morte da boa música.
Dizem que é a festa que movimenta a economia, mas na verdade é a festa do prejuizo, amanha é dia da contagem dos mortos, dos feridos, e das pessoas que no auge de sua alegria vão ficar doentes lotando os postos de saúde, ou seja, dinheiro que sai de toda população.
Dizem também que é a festa que serve para esquecer os problemas, meu caro problemas não são para ser esquecidos e sim enfrentados.
Dizem também que o carnaval traz muitos turistas, mas esquecem que na sua grande maioria é o túrismo sexual, muitas vezes crianças estão neste pacote de viagem.
Pode ser que a muito tempo atrás foi uma festa bonita e divertida. Mas findo meu texto por aqui poderia estar falando de muitos outros problemas, mas é carnaval então vá pular e se divertir, para colher as cinzas amanhã.

Obs.: Depois de nove meses você vê o resultado!!

Obs2.: O bom do carnaval é que não vou trabalhar, ou seja, o inimigo do meu inimigo é meu amigo.

terça-feira, 1 de março de 2011

Hits de carnaval

Enfim chegou a época mais esperada no Brasil: o carnaval. E o que acontece no carnaval? (não me refiro à prostituição infantil, nem a sodomia desenfreada entre outros) Músicas maravilhosas aparecem e contagia a maior parte do povo(geralmente vem da Bahia). Esta semana eu pude ouvir o auge da criatividade destes “mestres” da música brasileira, depois de Tchu tchu tchu pá do nosso querido Cumpadi Washington, aparece um novo profeta e solta “Tchubirabirom”, este mesmo cidadão foi o que infestou nossos ouvidos com o “rebolation”. O próprio nome da banda é de uma criatividade incrível vejam só: “parangolé” esses caras são gênios daqueles que aparecem de eras em eras, eles reinventam a língua portuguesa e acho que deveria ter uma cadeira para esses caras na academia de letras imagina quantas palavras novas e sem significados iriam aparecer. Imagine uma prova de física com a pergunta:


• Depois de pra frente duas vezes consecutivas, cintura e cabeça, qual o nome do movimento que vem após essa combinação?

R : Tchubirabirom.

E não para por ai parece que a "música baiana" não se contenta em inventar palavras novas à língua portuguesa, ela mostra que entende de historia, e revela partes que ninguém sabia, por exemplo: A história da dança da manivela, não se espante se for cobrado no Enem sobre tal feito de Nero. Para você não se dar mal, vou te explicar o processo:

1. Deus criou o Homem.

2. O homem criou Nero.

3. E Nero fez a dança da manivela.

Enfim vou finalizar as minhas considerações sobre essas maravilhosas músicas, pois se até o Superman ficou fraco nesses “hits”, o que vai restar para mim que sou um ser humano normal. Desejo a você um carnaval feliz, e que não falte Tchubirabirom pra você e toda família.



1 Obs.: As pessoas perguntam por que o natal vai ser em março, o motivo é que ta difícil gerenciar o numero de aniversários em novembro!!